Blog do RonaldoBlog do Ronaldo

Você, a Selic e a sua Cerveja

03 de julho de 2017 às 08:40 Por Postado em Blog do Ronaldo, Experato Educação

Tem sido assunto recorrente nos últimos dias, nos noticiários, a queda da taxa Selic.

Lembro-me de ouvir falar na Selic de tempos em tempos, quando anunciada por William Bonner no Jornal Nacional. Logo todos os outros meios de comunicação, como efeito cascata, começam a falar sobre o assunto também.

Pois bem, “e o quê que a minha cerveja do final de semana tem a ver com isso”, você pode se perguntar.

Vamos fazer uma ligação!

A taxa Selic funciona com a taxa referência de juros no país. É como se fosse a “taxa mãe”. Ela sobe, todas as outras taxas (CDI, IPCA, etc…) sobem; ela cai, todas as taxas caem.

“E minha cerveja que está no frízer vai esquentar por causa disso”?

Não, ela não vai esquentar.

Mas se você mora no Brasil, têm 80% de chances de sua cerveja ser produzida pela AMBEV. A gigante das cervejas é uma empresa de capital aberto, que sofre influência do mercado de capitais no seu valor. Em época de juros baixos, essas empresas tendem a aumentar o seu valor devido a maior procura por suas ações, já que os títulos de renda fixa ficam menos atrativos.

“Prefiro Kaiser”.

Tudo bem, opção sua, mas também é produzida por uma empresa de capital aberto.

“Eu, diferente dos outros leitores, só bebo cerveja artesanal, feita pelo meu amigo Vicente”, diz o outro.

“Uma ótima cerveja, produzida sobre a lei da pureza alemã, ou seja, água, malte, lúpulo e levedura. E a garagem da casa dele não é uma empresa de capital aberto (eu acho)”.

Ótimo argumento!

Mas quais são as empresas em que ele utiliza para comprar os insumos para a fabricação de cerveja? E mesmo que sejam pequenas empresas, lembra que falei que a “Selic é a taxa mãe”?

Assim como o dinheiro pago pelos bancos aos investidores cai com o Selic em queda, as linhas de crédito também sofrem redução, podendo ocasionar em juros mais acessíveis aos pequenos produtores. Esse fato, pode gerar uma maior produção, ou maior qualidade dos insumos utilizados na produção da cerveja feita pelo seu amigo Vicente.

Lendo esse texto você pode chegar a duas linhas de raciocínio.
     1° Selic igual à zero para tomar uma cerveja boa e barata. (Isso seria impossível por que com uma Selic muita baixa causaria inflação assunto para outro texto).
     2° Isso tudo não altera o meu gasto com cerveja no final de semana.

Se você chegou à segunda conclusão digo que compartilho da mesma ideia, pois também não tomo cerveja no final de semana.

Assim como a Selic influência no preço da cerveja, ela influencia todo o sistema financeiro nacional, que tem ligação direta com tudo o que é consumido e produzido no país.

Portanto, sempre procure uma profissional que possa orientar sobre a situação atual do mercado financeiro e ajude nas suas decisões sobre investimentos.

Tags: ,

Sócio Experato Investimentos MBA Executivo Empresarial em Gestão Bancária Pós-Graduado em Adm. e Finanças Graduado em Gestão Financeira Anbima CPA -20 PQO BM&F Bovespa Ancord